Aicrete Europe

O FMO fornece financiamento para nova fábrica Brimax de painéis CCA Aircrete

julho, 2018

O Banco de Desenvolvimento da Holanda, FMO, apóia a exportação da tecnologia de produção de painéis de Concreto Celular Autoclavado Aircrete Europe para a Brimax Argentina. Um empréstimo de 4,8 milhões de euros financiará (parte) do equipamento de produção, bem como o comissionamento do equipamento, na recém-criada fábrica de painéis CCA Aircrete, Brimax.

Juntamente com as principais empresas regionais de construção e desenvolvimento,  Grupo Brayco e Pecam. A Aircrete Europe está desenvolvendo uma nova planta de painéis (e blocos) de CCA de última geração com capacidade inicial de 120.000 m3 em San Lorenzo, Santa Fé, próxima à cidade de Rosário.

Janet Nieboer, diretora da FMO NL Business: “Graças à tecnologia holandesa, a construção de residências na Argentina está se tornando mais sustentável e eficiente em termos de custos para uma indústria com uso intensivo de energia. Devido ao tamanho do mercado argentino e à predominância de blocos de cerâmica tradicionais, o potencial de crescimento para Brimax é enorme “.

Como a principal parceira em tecnologia e sócia na joint-venture criada para o projeto, a Aircrete não apenas projetou e construiu a fábrica, mas também participou intensivamente do início das operações da fábrica, incluindo o treinamento do pessoal local. Para o Aircrete Group, o investimento na Argentina significa uma expansão de seu portfólio de investimentos na América Latina, seguindo o México e o Brasil.

Vídeo de apresentação Brimax

Projetos de Casas Populares na Argentina

CCA tem uma participação muito pequena no mercado argentino de materiais de construção, de aproximadamente 3%, mas isso deve dobrar e ganhar mais força com o investimento na Brimax, devido à eficiência energética da tecnologia e às vantagens de custo. A nova fábrica poderá atender à grave escassez de moradias sociais de qualidade na Argentina. A produção inicial da Brimax fornecerá materiais de construção de CCA para aproximadamente 6.000 casas populares de 50m2 por ano a preços acessíveis. A planta tem como objetivo criar cerca de 100 empregos diretos na região. O projeto da planta permite uma expansão para até 400, 000m3 no futuro.

Citando Daniel van Maanen, CFO da Aircrete: “A Argentina é o terceiro país da América Latina, depois do México e do Brasil, onde a Aircrete está ativa. Nós projetamos a fábrica de forma que a Brimax tenha flexibilidade para aumentar a capacidade de produção de maneira fácil e rápida, bem como fabricar painéis de concreto leve completos.”

Clique aqui para ler MAIS sobre o comunicado à imprensa da FMO.

Brimax Completed

 

Voltar